POR QUE NÃO ADOÇAMOS O CAFÉ?

POR QUE NÃO ADOÇAMOS O CAFÉ?

POR QUE NÃO ADOÇAMOS O CAFÉ?

Para começar, vamos entender o café que a gente toma. Não é todo café que conseguimos beber sem colocar açúcar. Mas não mesmo.
No geral, cafés que não têm seus grãos selecionados e passam por uma torra carbonizada possuem, além do amargor elevadíssimo, caraterísticas sensoriais que lembram produtos químicos como o fenol. Se você não conhece, deve conhecer um de seus derivados, a creolina. ⠀

 

Você já teve a experiência de ao abrir um pacote de café sentir o aroma de pneu queimado?
Esses grãos possuem os chamados defeitos. Os defeitos são os principais responsáveis por atribuir essas características “singulares” ao grão. São grãos verdes imaturos e podres, que contribuem com uma acidez acética e podem gerar desconforto gastrointestinal.
Some a isso uma torra preta que tenta esconder esses defeitos. O resultado é um amargor extremo, aroma ruim e sabor azedo. Esse café, ah, esse café não dá pra beber sem açúcar. O seu corpo irá reagir negativamente e, aí, não vá culpar a cafeína. Ela não é a vilã dessa história. A qualidade do seu café não é boa. ⠀

 

Bem diferente do café especial, do qual falamos. Ao produzir, torrar e preparar o café especial, fugimos de tudo isso. Usamos somente grãos selecionados com riqueza de sabores, aromas, acidez correta e doçura natural. A sensação, hum, é como se você tomasse um suco de frutas. Neste caso, não utilizamos o açúcar para poder sentir todas essas características. Por isso dizemos que o açúcar “estraga” o café. Ele não deteriora, mas, sim, muda as características da bebida, se sobressaindo ao que ela tem de bom e muito bom. ⠀

 

Nós, brasileiros, temos uma bagagem de doces beeeemmmm doces em nossa gastronomia. Pensa. Leite condensado, doce de leite, cocada… Então, para que possamos sentir o dulçor natural dos alimentos, é um pouco mais difícil. E tudo bem. Tudo bem mesmo.
Mas vamos tentar fazer um pouco diferente? Porque o nosso café, essas belezuras da Distinto, é diferente. Sugiro então que, quando você for tomar o nosso café, você coloque metade do açúcar que colocaria em uma xícara de café normal. Coloque a metade e prove. Se curtir, pare com essa quantidade. Desta forma, seu consumo será reduzido, seu paladar será alterado e, como consequência, pouco a pouco, você conseguirá tomar um café especial sem açúcar. Sugerimos também que você faça a experiência de sentir o aroma do café que você tem casa comparado ao nosso. Depois, conte pra gente como foi.

 

 

Claudia

Claudia Bentlin é formada em Administração de Empresas com especialização em Gestão de Projetos. Sua trajetória em multinacionais e seu know-how em projetos contribuíram para a criação da torrefação e cafeteria Distinto Cafés Especiais, em Curitiba (PR), há sete anos.

Adicionar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *